O QUE GERA COMPAIXÃO EM NOSSO CORAÇÃO?

9º Dia – Jó 6.14 

“Ao aflito deve o amigo mostrar compaixão, a menos que tenha abandonado o temor do Todo-Poderoso”

A ação do Espírito Santo provoca em nós um sentimento de compaixão pelo outro de maneira tão intensa que somos levados a compartilhar tudo o que temos. O senso de comunidade manifestado em Atos 2 e 4 é a mais pura expressão do altruísmo e compaixão cristã. M. Persona escreveu: “Alguém que tenha sido salvo por Cristo terá o desejo de compartilhar a sua fé, até por um sentimento de compaixão”.

Em um mundo ensimesmado, onde cada pessoa busca egoisticamente satisfazer seus próprios desejos, compaixão é um ato raro. A escassez dessa virtude atingiu, infelizmente, até mesmo as igrejas cristãs, onde este sentimento deveria se manifestar com naturalidade e constância. O que se nota, no entanto, é a prevalência das individualidades em detrimento do senso de comunidade. Nesse por menor, a comunidade primitiva nos dá o exemplo de comunhão e compaixão ao compartilharem seus bens, de maneira que não havia nenhum necessitado.

Que o Espírito Santo encontre guarida em nossos corações ensinando-nos a reproduzir o amor de Cristo. Na cruz do Calvário Jesus demonstrou o seu amor entregando-se por nós, logo, devemos nos entregar amorosamente ao próximo. O amor de Jesus não fazia distinção de pessoa, pelo contrário, era acolhedor e compassivo: “Tenho compaixão desta gente, porque há três dias que permanecem comigo e não têm o que comer” (Mt 8.2).

A pergunta que permanece é: O que gera compaixão em você? O fluir do Espírito Santo me inquieta quando me deparo com pessoas aflitas e perdidas que anseiam por comida, não só a que perece, mas também a que alimenta eternamente. E você?

Pr. Esdra Dias – Secretário Geral da CBN

Motivos de oração
• Por despertamento de um senso de comunidade;
• Pela superação do egoísmo e da individualidade;
• Pelas Igrejas da CBN.

1 comentário em “O QUE GERA COMPAIXÃO EM NOSSO CORAÇÃO?”

Deixe um comentário