Sabedoria para o caminhar

Preservar amizades ao longo da corrida é uma virtude a ser cultivada por todos nós. Quando cansamos, são os braços deles que nos amparam e nos ajudam a prosseguir adiante.

Andar sozinho não é sinal de sabedoria, assim como, esquecer-se daquelas pessoas que sempre acreditaram em nós também não o é.

Aqueles que estavam conosco no início de nossa caminhada, provavelmente, são os que mais sonham com o nosso “sucesso” e a maneira como chegaremos ao final da estrada.

Certa vez um amigo me disse que a amizade é como um bom café. É saboroso enquanto mantém o seu frescor e o seu calor. Depois de frio, pode-se até esquentá-lo, mas já não terá o mesmo sabor.

Realmente, boas amizades precisam ser constantemente fomentadas para que não percam seu frescor nem sua intensidade.

Encontre e cultive boas amizades.

Fraternalmente Fábio Bauab

Deixe um comentário